FESTAS




Um cachorrinho no altar

Há histórias que são verdadeiros contos de fadas. Diga-se de passagem, Amanda e Vitor não podem reclamar da sorte, casaram-se em 31 de julho deste ano, na mesma data em que completou 10 anos que se conheceram.

Mas para tornar este dia ainda mais especial, quem ajudou o pajem Pedro de 6 anos a levar as alianças até o altar foi Totti, um cão da raça Pastor de Shetland.

A motivação de ter o cachorrinho no casamento não surgiu por acaso. Além do cão acompanhar a família por cerca de 9 anos, Amanda é estudante de veterinária e sempre pensou nessa possibilidade.

“Eu sempre sonhei em ter um cachorro no meu casamento e levamos o Pedro e o Totti antes da cerimônia para conhecerem o Buffet Colonial e para treinar um pouco a entrada no altar”, disse Amanda Oncins.

A preparação foi essencial para que o casamento tivesse a cara do casal e tudo desse certo, Vitor, que sempre adorou uma balada, fez um curso de DJ para que pudesse discotecar algumas músicas durante a festa.

 “A Renata do Buffet Colonial e o coordenador de eventos nos ajudou muito com os fornecedores, contrato e dúvidas em geral”, disse Amanda sobre o planejamento do casamento.

O casal fechou o casamento com o Buffet com dois anos de antecedência, o que possibilitou que tirassem todas as dúvidas a respeito do espaço e do serviço.

“Participamos várias vezes do Clube Colonial, foi muito bom para conhecermos os fornecedores, e acabamos fechando apenas com os parceiros, o que eu tenho certeza que foi o que fez dar tudo certo na festa! ”, contou Amanda sobre o evento Clube Colonial, que reúne cerca de 40 fornecedores de todos os segmentos para os clientes com datas fechadas com o Buffet Colonial.

Basta conferir as fotos para ver que realmente deu tudo muito certo! Amanda e Vitor esbanjaram alegria na pista de dança e a noiva inovou até com o buquê! Escolheu girassóis como arranjo, que têm o significado de felicidade, calor e entusiasmo e refletem a energia positiva do sol e isto com certeza não faltou neste lindo casamento.