DICAS E
IDEIAS




Tenha um jantar romântico no buffet onde se casou

No Dia dos Namorados, 12/6, o Buffet Colonial abriu as portas para um jantar com 22 casais que participaram de uma experiência gastronômica, que teve como proposta relembrar o grande dia do casamento no espaço, ou para os que ainda não se casaram, proporcionar a experiência de conhecer o local que irá selar o pacto de amor do casal.

Ao chegar, os convidados se deparavam com um altar na entrada, e o som ambiente do salão contou com música ao vivo. Tudo pensado para se aproximar ao máximo do dia do casamento.


Foto: Tempo Digital 

Altar foi reproduzido na entrada do buffet.

 

“Foi maravilhoso! Adorei essa iniciativa do Buffet Colonial. Fiz uma surpresa para meu marido e foi incrível. Encontramos muitas pessoas queridas que fizeram com que o dia do nosso casamento tenha sido perfeito. Desde então não havíamos voltado ao local. Foi ótimo relembrar todos os momentos”, afirma Carolina Giardino, que esteve com seu marido, Luís Gustavo, no evento.


Foto: Tempo Digital

Casal Giardino

Carolina aproveitou o evento e fez uma surpresa para o marido


O paladar ficou por conta do chef Erick Domenico, que elaborou um menu especial de oito tempos, com opção de adaptação de acordo com as restrições alimentares de cada casal.


Prato Serra da Canastra com damasco estava entre os principais do evento

 

“No prato Serra da Canastra com damasco, eu quis colocar uma massa que fosse um pouco diferente e exótica ao mesmo tempo, o sorrentine de queijo da Serra da Canastra com damasco e tomate cassé. E para ilustrar bem o Dia dos Namorados, ela foi feita em formato de coração”, explica Erick Domenico, chef-executivo do Buffet Colonial.


 

Delicioso Carré de cordeiro ao intenso molho de açaí com ervas

 

Os oito tempos que marcaram a noite foram: entrada com drop sushi, r​olinho de abobrinha recheada, trouxinha de pernil e tempurá de camarão. Entre os principais estavam: Salmone Rosso, Serra da Canastra com damasco, Cordeiro & Açaí, e como sobremesa Pavlova.


Sobremesa

A Pavlova teve o toque final na decoração com pétalas vermelhas 

 

“Para fechar a noite, a sobremesa era a Pavlova com redução de vinho do porto e sorvete de jabuticaba. Não podíamos pensar em outro desfecho para essa noite tão especial. Com a sensibilidade de um suspiro, a Pavlova veio para ser como um carinho trocado entre um casal de namorados, e com toda a intensidade da redução de vinho do porto, junto com o sorvete de jabuticaba, representando o amor existente entre este casal”, diz Erick.

O evento foi uma novidade no Buffet Colonial e trouxe casais prestes a se casarem, outros que estavam comemorando as bodas, e pais de debutantes, mas todos estavam comemorando o Dia dos Namorados de uma maneira única.


Foto: Tempo Digital 

Jazz

Jazz e MPB foram os estilos musicais que predominaram na noite

 

“Desta vez estávamos muito mais relaxados e livres para experimentar de tudo, e com isso pudemos perceber a sensação que nossos convidados tiveram durante nossa festa de casamento, ou seja, tudo muito elegante e com os detalhes todos realizados com muita atenção e carinho”, comenta William C. Oliveira, que se casou com Lilian Loureiro, no Buffet Colonial, em 2015.


Foto: Tempo Digital 

William

William e Lilian Loureiro se casaram no Buffet Colonial em 2015 

 

O Buffet Colonial tem planos de celebrar o Dia dos Pais, ainda neste ano, e já está pensando em algo diferenciado para o próximo Dia das Mães, dando a oportunidade de os casais festejarem uma data especial em um local inundado de boas recordações.

“Realizar esse evento no Dia dos Namorados é um sonho antigo e tem tudo a ver com nossa casa. A ideia foi proporcionar uma experiência romântica para os casais conhecerem o nosso serviço e gastronomia. Independente se já se casaram aqui ou não, nossa ideia é fazer com que o Buffet Colonial seja mais um capítulo inesquecível em suas vidas ”, confessa Ricardo Shimabukuro, diretor comercial do buffet.

 

Confira a lista de colaboradores do evento:

Mr. Charles Bar

Marisa Flores

Vila Doce

Bossa Jazz

Som Cris

Tempo Digital