DICAS E
IDEIAS




Casar é transformar o líquido em concreto

 

Em tempos em que tudo é instantâneo, sejam os aparelhos eletrônicos, as escolhas, as roupas e outras infinidades de produtos, as relações humanas passam pelo mesmo problema, sua instantaneidade faz com que assim como os bens materiais, nada seja feito para durar, mas sim para se atualizar, trocar e se renovar.

Mas, veja só, nós não somos meros aplicativos de celular, somos mais do que isso. A dificuldade das relações entre humanos é sugerida pelo filósofo polonês Zygmunt Bauman, em um dos seus livros mais conhecidos, “Amor líquido”, que trata sobre as relações amorosas nos tempos modernos, quando nada é feito para durar, nem é sólido e, assim como a água, o amor parece escorrer entre os dedos.

Como sugere Bauman, o amor, para muitos, se tornou algo fútil, não só ele como as relações humanas em geral. Com apenas um clique, a pessoa está excluída de sua vida. O autor tenta mostrar em seu livro a dificuldade da comunicação afetiva.

Amor_liquido_Z

Zygmunt Bauman Assista ao vídeo

Ainda que as teorias deste amor líquido sejam reais, temos o prazer de conviver diariamente com quem escolhe afrontar esta instantaneidade e diz “sim” à responsabilidade de amar o outro e conviver com este para sempre, pois, em tempos em que tudo é líquido, transformar o amor em algo sólido e concreto, como o casamento, é mais que um ato de amor, é um ato de coragem.

“Depois de casados descobrimos que existe uma forma de amor muito maior onde a cumplicidade e o respeito são essenciais”, afirma Nayanne Macedo, que se casou com Paulo Matias no Buffet Colonial em 11 de dezembro de 2011, o casal que se conheceu em 2005 completou dez anos juntos no começo deste ano.

Mesmo que fugir desta instantaneidade com a qual nos deparamos todos os dias seja difícil, quem escolhe casar, também escolhe um caminho de entrega.

Um caminho que aos jovens marinheiros pode parecer estreito no começo, e é certo que estes enfrentaram algumas, ou muitas, tempestades pelo caminho. Segurar-se com força e vencer cada uma delas irá assegurar mais dias de bonança do que de vendaval e cada gota deste amor, do mais novo ao mais maduro, é responsável por nutrir e dar força.

“Casamento é a construção de um lar onde duas pessoas que se amam, resolvem unir suas vidas para cuidar um do outro”  Nayanne Macedo.

Em tempos em que tudo é temporário, quem escolhe e cativa algo concreto é o mais sortudo dos indivíduos, quando se fala em amor.